Menino de 08 anos desmaia após inalar Gás Hélio de balão

Moradora de Catanduvas conta emocionada sobre os momentos de desespero


Por Catanduvas Online

13/07/2019 23:55



img


Foto/Reprodução Internet

 

Um menino de 08 anos estava em casa na presença da mãe quando desmaiou após uma brincadeira que muitos adultos e crianças fazem. Ele inalou gás hélio de um balão para modificar a voz, uma brincadeira que pode ser muito perigosa.

 

Conforme a mãe do menino ele havia levado para casa alguns balões que teriam sobrado da própria festa de aniversário do último final de semana. Ele teria naquele dia brincado de inalar o gás do balão para mudar a própria voz se divertindo com familiares.

 

Porém, durante a semana na presença da mãe e da irmã menor, ele fez a “brincadeira” e ficou inconsciente, acabou desmaiando para o desespero da mãe. Quando ela tentava chamar socorro ele acordou e pediu o que havia acontecido. A mãe muito emocionada conta que o filho já apresentava espasmos e estava enrijecendo, atribuindo a melhora imediata do menino como um milagre de Deus.

 

Ela fez questão de divulgar aos amigos e conhecidos um áudio muito emocionante onde narra o susto pelo qual passou. A família que reside em Catanduvas fez questão de falar ao Catanduvas Online como forma de alertar as crianças e aos pais que essa é uma brincadeira muito perigosa.

 

“Quero divulgar o que aconteceu por que não quero que outra mãe, família, passe por isso. Deus foi muito bom comigo, trouxe meu menino de volta. Sinto-me no dever de alertar, pois sei que muitas crianças brincam com isso”. Concluiu a mãe.

 

Entenda

 

Quando o hélio é inalado, ele substitui o oxigênio de nosso pulmão, de modo que, se a pessoa inalar uma quantidade muito grande ou fizer isso várias e várias vezes seguidas, pode faltar oxigênio no pulmão, causando um sufocamento.

 

Desmaios

Quanto maior o tempo de exposição ao hélio, mais a voz engraçada irá durar. Se respirar por muito tempo, você irá desmaiar e, em seguida, voltar a respirar normalmente, o que irá salvar sua vida. No entanto, a queda proveniente do desmaio pode causar lesões, como ossos quebrados ou uma pancada na cabeça, cujos ferimentos podem precisar de apenas alguns pontos, mas também podem causar um enorme trauma cerebral.

 

Rompimento dos pulmões

Respirar hélio a partir de um tanque pressurizado faz com que seus pulmões sejam inflados rapidamente. Quando esses órgãos se expandem muito velozmente, pode haver uma ruptura, como em um pneu com muito ar. Você pode, então, morrer de hemorragia interna em poucos minutos.

 

Asfixia

A asfixia é causada pela falta de oxigênio no sangue. Muitas mortes relacionadas ao hélio acontecem quando as pessoas enfiam a cabeça dentro de balões de hélio. Eventualmente, elas desmaiam, mas como suas cabeças permanecem dentro do balão, elas continuam a sufocar até a morte.

 

Danos cerebrais

Privar o cérebro de oxigênio causa danos cerebrais, que às vezes podem ser irreversíveis. Quando respira hélio até desmaiar, você está privando essa parte vital do corpo humano de oxigênio. Cerca de 20 por cento do oxigênio respirado é absorvido pelo cérebro, que passa a entender que você precisa de uma quantidade menor desse gás, atuando, assim, para que haja uma absorção menor desse elemento. Isso faz com que a sua função cerebral diminua, resultando em perda de memória ou até mesmo morte cerebral, caso o organismo da pessoa entenda que o oxigênio não é mais necessário. Danos cerebrais não ocorrerem se você respirar apenas pequenas quantidades de hélio, mas não há maneira de determinar o quanto dessa substância você pode inalar até desmaiar.