Saiba a diferença entre Gripe e Resfriado

Médico de Catanduvas explica


Por Catanduvas Online

12/05/2018 23:19



img


Grande parte das pessoas acredita que a gripe e o resfriado são a mesma coisa. Apesar de serem causadas por vírus, elas são doenças distintas.

 

Conforme o médico Nilton Perlin do ESF do Bairro Saionara e Centro Oeste em Catanduvas, a influenza, normalmente conhecida como gripe, é uma doença causada por três tipos de vírus:  influenza A, B e C. O resfriado comum pode ser causado por uma infinidade de vírus, porém 50% dos casos são correlacionados aos mais de 100 sorotipos e rinovírus, e os demais 50% normalmente são decorrentes de infecção por vírus sincicial respiratório (VSR), Influenza, Parainfluenza, Adenovirus, e Enterovirus não pólio. Os vírus são transmitidos a partir das secreções respiratórias, podendo também sobreviver algumas horas em diversas superfícies como de madeira, aço e tecidos. Estes vírus circulam durante todo ano intensificando principalmente no período de inverno, quando as pessoas buscam se abrigar do frio em  ambiente fechado,  o que favorece a transmissão, ou seja, não é o frio que causa a doença.  

 

Os sinais e sintomas da GRIPE, em geral, são: febre alta, tosse, que pode ser seca ou com expectoração, dor de cabeça, dor de garganta, cansaço, dor muscular, dor articular e coriza. Geralmente tem resolução espontânea em sete dias, embora a tosse, o mal estar e a fadiga possam permanecer por algumas semanas. Alguns casos podem evoluir com complicações, as mais comuns são: pneumonia bacteriana ou por outros vírus, rinossinusite, otite e desidratação.

 

Ainda conforme o médico, os sinais e sintomas do RESFRIADO, em geral, são: febre baixa ou ausência de febre, coriza e tosse. Nas crianças é comum o aparecimento de diminuição de apetite, dificuldade para se alimentar e dormir. Após a melhora do quadro, a coriza e a tosse podem persistir por alguns dias.

 

Tratamento: hidratação (ingerir líquidos) – a manutenção da hidratação tem beneficio em diminuir a viscosidade das secreções e, portanto, pode trazer alivio dos sintomas; higiene nasal com solução salina (sono nasal) – é um método barato e seguro de auxiliar a remoção de secreção da cavidade nasal e, portanto, promover alivio dos sintomas, mel – apenas adultos e crianças acima de 1 ano de idade, o mel pode ser utilizado no alivio dos sintomas. ***MEL é proibido nos menores de 1 ano de idade!!!*** Antibacterianos – esses devem ser reservados para as complicações bacterianas que podem acontecer. Antivirais- utilizados para casos ocasionados pela Influenza em grupos de maior risco. MUCOLITCOS/EXPECTORANTES/SEDATIDOS DA TOSSE (XAROPES)-Não há evidencia beneficio no uso dessas classes de medicações no resfriado comum e gripe; descongestionantes nasais- o uso deve ser limitado e evitado (riscos de efeitos colaterais).

 

Está gripado ou resfriado? Cubra a boca e o nariz com um lenço quando tossir ou espirrar coloque o lenço usado no lixo, se não tiver lenço, tussa ou espirre no seu antebraço, não em suas mãos, pois elas são veículos de transmissão, limpe as mãos depois de tossir ou espirrar, lavando-as imediatamente com água e sabão frequentemente, secando as com papel toalha descartável. Adote hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e a ingestão de líquidos.

 

Lembrando que a Campanha de Vacinação contra a Gripe continua. A Mobilização Nacional, aconteceu neste sábado dia 12 de maio. Os ESFs estiveram atendendo das 8 horas da manhã ate às 17 horas, sem fechar ao meio dia.

 

Assessoria