Telhado de salão desaba, mata criança e deixa vários feridos em Guatambu


Por Catanduvas Online

13/06/2022 17:19



img


O desabamento do telhado de um pavilhão onde acontecia uma festa infantil deixou ao menos 15 pessoas feridas, na noite deste sábado (11). O fato aconteceu na linha Porto Chalana, no interior de Guatambu.



Uma criança de apenas 2 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A festa reunia imigrantes, em sua maioria venezuelanos.



A informação da morte da criança foi confirmada pelo delegado de Polícia Civil, Éder Matte, que estava de plantão na CPP (Central de Plantão Policial). Segundo ele, as informações ainda são bastante desencontradas, mas acredita que ao menos 50 pessoas estavam no local no momento do acidente.

“Algumas pessoas tiveram lesões leves e outras com maior gravidade, entre eles uma criança de dois anos que infelizmente morreu”, lamentou. A Polícia Civil vai verificar as circunstâncias e apurar o que realmente aconteceu e o que levou ao desabamento da estrutura.



Vítimas
Eduardo Sfreddo, diretor do hospital de Caxambu do Sul, informou que em torno de 13 pacientes, entre eles três com gravidade, foram encaminhados ao hospital.



“Fizemos uma força-tarefa com vários profissionais, inclusive de folga e do município de Planalto Alegre que vieram ajudar. Os pacientes foram atendidos e depois transferidos com o apoio de seis ambulâncias dos municípios e três do Samu”, relatou.



O Corpo de Bombeiros atendeu uma das vítimas, uma jovem de 20 anos no Hospital de Caxambu do Sul. Na sequência, ela foi transferida para o Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó.



Segundo os socorristas, ela tinha um corte na cabeça e apresentava suspeita de traumatismo craniano e de fratura na perna direita. Uma segunda vítima, um jovem de 22 anos, foi atendido com ferimento no rosto. Ele também foi levado ao HRO pelos bombeiros.



Outras vítimas, entre elas crianças, foram atendidas e socorridas por ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Chapecó, São Carlos, além das ambulâncias de municípios próximos. Ainda não há atualização sobre a quantidade exata de feridos e o estado de saúde das vítimas.



Festa de 1 ano
A festa era de aniversário de um ano da neta de Eilyn Carolina Guacare González. A equipe da NDTV Chapecó conversou com ela na porta da UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Ela contou que estavam reunidos com a família e amigos para comemorar o primeiro ano de sua neta quando o desabamento aconteceu.

 


 ?>

 

PORTAL ACONTECEU