HUST apresenta o projeto do Centro Materno Infantil


Por Catanduvas Online

01/06/2022 19:12



img


Na terça-feira, 31 de maio, o diretor-geral do Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST), de Joaçaba, professor Alciomar Marin, apresentou a representantes do poder público e de entidades, imprensa e comunidade, o projeto do Centro Materno Infantil, um espaço que além de suprir a necessidade de uma UTI neonatal terá uma estrutura completa para atendimentos infantis e relacionados à maternidade.



Para a implantação do novo espaço, dois pavimentos serão construídos contemplando as instalações da UTI neonatal (leitos de terapia intensiva neonatal - UTIN, Unidade de cuidado intermediário - UCINCo e Unidade de cuidado Intermediário Canguru - UCINCa), centro de parto normal, espaço para a gestante, centro obstétrico, banco de leite, maternidade e pediatria.



— Se falava muito em UTI neonatal, que de fato é uma necessidade, mas fomos além e nos aprofundamos nos estudos a respeito, chegando a esse projeto que vai além em termos de estrutura física, tecnológica e profissional. Já temos uma etapa vencida, na qual após quase cinco meses de tramitação, conseguimos a licença da Vigilância Sanitária Estadual, processo esse que é bastante burocrático. Agora seguiremos com outras etapas, principalmente na esfera municipal e que devem ocorrer ao longo dos próximos meses — afirmou o diretor-geral do HUST, professor Alciomar Marin.


 
De acordo com Marin, o projeto é ousado e apenas para a parte de construção civil serão investidos mais de R$ 10 milhões, sendo necessário outros recursos ao longo do andamento das obras para compra de equipamentos e demais itens fundamentais para colocar o serviço em funcionamento.


 
— O hospital providenciou, por meio de economias e outros repasses que nos foram proporcionados, o necessário para o início da obra. O restante dos recursos iremos buscar conforme as etapas forem avançando e para isso pedimos o apoio de toda a sociedade para que de fato consigamos concretizar esse projeto o mais rápido possível, visto a necessidade de termos um Centro Materno Infantil desse tipo para atender toda nossa macrorregião — finalizou Marin.

 


MEPITA ?>

 

Assessoria