Primeiro caso suspeito em SC é investigado no Oeste


Por Catanduvas Online

30/05/2022 16:50



img


Imagem ilustrativa-Internet

 

 O primeiro paciente suspeito de contrair a varíola dos macacos em Santa Catarina é da região do Grande Oeste, informou a Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta segunda-feira (30).

 

A notícia foi divulgada após o Ministério da Saúde confirmar que o Brasil monitorava dois casos da doença no país.

 

Segundo o governo estadual, trata-se de uma mulher de 27 anos, residente em Dionísio Cerqueira com registro de internação hospitalar. A paciente iniciou os sintomas em 24 de maio, com o aparecimento de erupções cutâneas agudas em diferentes regiões do corpo. Atualmente, aguarda resultados de exames laboratoriais para outras doenças e segue em monitoramento pela vigilância municipal.

 

A investigação está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Saúde, Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina, Laboratório Central de Santa Catarina (LACEN/SC) com apoio do Ministério da Saúde. Até o momento, não há confirmação de nenhum caso no estado.

 

A pasta federal informou ainda que instalou uma Sala de Situação a partir do dia 23 de maio para monitoramento e acompanhamento dos casos no Brasil e no mundo. O Ministério da Saúde está em contato com estados e municípios para apoiar a investigação e as ações de vigilância em saúde.

 

A varíola dos macacos entrou no radar dos cientistas depois que surtos da doença foram registrados na Europa, na América do Norte e na Austrália.(G1/SC)

 


MEPITA ?>