Defesa Civil do Estado confirma passagem de tornado em Campos Novos


Por Catanduvas Online

31/05/2021 15:37



img


A Defesa Civil do Estado confirmou a passagem de um tornado no município de Campos Novos, no Meio-Oeste, na noite de sexta-feira, 28. A velocidade do vento chegou a 123 quilômetros por hora, causando destelhamentos de residências, queda de postes e de estruturas metálicas, além de tombamento de veículos. Outros municípios da região foram atingidos por tempestade intensa, fortes ventos, granizo e raios.

 

Equipes da Defesa Civil estadual foram até o local, para apoiar as defesas civis municipais das cidades atingidas. Elas auxiliarão nos no apoio necessário aos moradores e no levantamento de dados. A Prefeitura de Campos Novos decretou situação de emergência. Segundo os dados repassados até o momento, 256 residências foram afetadas em seis bairros, 10 famílias ficaram desalojadas e 20 indústrias foram afetadas.

 

“Nossas equipes seguem na região e todos os esforços serão empenhados no apoio às famílias. Ninguém ficará sem atendimento nesse momento difícil”, destacou o governador Carlos Moisés.

 

“Já realizamos contato com o Prefeito de Campos Novos e das outras cidades e colocamos à disposição toda a estrutura do Governo do Estado”, destacou o chefe da Defesa Civil, David Busarello. Segundo ele, as equipes em campo foram reforçadas e agora estão sendo aguardadas as necessidades dos municípios como telhas e colchões. “A orientação do governador Carlos Moisés é atuar com agilidade e prestar todo o apoio necessário”, finalizou.

 

Ainda neste sábado, 29, a Defesa Civil do Estado liberou para Campos Novos 1.783 telhas de fibrocimento, 222 cumeeiras, 26 cesta básicas para sete dias, 22 fardos de água potável, 50 colchões de solteiro e 50 kits de acomodação solteiro (CELOG Joaçaba).

 

Conforme avisos meteorológicos emitidos pela Defesa Civil de SC, por meio da Coordenadoria de monitoramento e Alerta, tempestades intensas atingiram diversas regiões do território catarinense. A situação foi provocada pelo avanço de uma frente fria combinada a uma área de baixa pressão.

 

Prejuízos na rede elétrica

 

Os fortes ventos causaram problemas na rede elétrica da região, especialmente entre Videira e Campos Novos. Foram derrubadas quatro torres de transmissão de energia de 230kV da empresa Evoltz. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), responsável pela coordenação do Sistema Interligado Nacional (SIN), informou que, por conta disso, houve o desligamento automático da linha de transmissão Campos Novos - Videira, interrompendo a transferência de cargas da Subestação (SE) Videira devido à indisponibilidade de outras linhas de 138 kV na região, atingindo também as SEs Caçador, Caçador Castelhano e Fraiburgo.

 

A Celesc disponibilizou todas as equipes para auxiliar a transmissora Evoltz a recuperar o sistema e redirecionou o atendimento de algumas de suas subestações de energia para atender Videira e o hospital da cidade, além de percorrer outros municípios para verificar a situação em outros hospitais. Durante o pico do problema, cerca de 90 mil consumidores da região ficaram com o fornecimento de energia interrompido, mas devido aos esforços das equipes, às 17h40 o sistema foi reestabelecido a 26.217 unidades consumidoras, cerca de 29% dos clientes afetados.

 

A Celesc está trazendo de São Paulo, de forma emergencial, dois grupos geradores a diesel. Os equipamentos devem chegar na tarde deste domingo, 30, e vão atender as cargas prioritárias das suas subestações em Fraiburgo e Caçador. Já nas cidades de Campos Novos, Brunópolis e Monte Carlo, o vendaval também atingiu postes e materiais foram arremessados contra rede elétrica, provocando estragos e queda de energia. Equipes de emergência da Celesc continuam em campo para atender todas as ocorrências naquela área, que foi muito atingida.

 


 ?>

 

Secom