Nutricionista recomenda alimentos que facilitam o aprendizado

Açaí, banana, nozes, castanha, amêndoas e morango possuem nutrientes que desenvolvem e pontencializam as funções cognitivas


Por Catanduvas Online

04/02/2021 15:38



img


 

         Em Santa Catarina, o início do ano letivo está previsto para fevereiro. Para alcançar os objetivos nos estudos também é importante adaptar o estilo de vida. Tirar boas notas, passar no vestibular e em concursos públicos podem ser resultados de muita dedicação e uma alimentação equilibrada. A nutricionista do Fort Atacadista Chapecó Letícia Tizziani recomendada o consumo de açaí, banana, nozes, castanhas, amêndoas e morango. Outra dica indispensável é a ingestão de líquidos. Beber água e água de coco durante os estudos ajuda a hidratar o organismo e a fortalecer o sistema imunológico.

         Para combater a preguiça e o cansaço, a melhor opção de lanche é açaí. Também melhora o funcionamento do intestino, protege o coração e previne contra infecções, osteoporose e Alzheimer. O fruto é rico em fibras, proteínas, vitaminas B e C, antioxidantes e minerais. “Embora ofereça muitos benefícios, o consumo deve ser moderado. Recomenda-se somente uma tigela pequena ou um copo de 100g a 200g uma vez ao dia, pois os seus carboidratos são contraindicados para quem precisa perder peso”, destaca a nutricionista. 

         Os estudos também exigem mais energia. A banana é fonte de vitamina B e possui açúcares naturais como frutose, sacarose e glicose. Essa fruta contribui para o sistema nervoso, regula o sono, ameniza o estresse, melhora o humor, aumenta a disposição e previne distúrbios emocionais. Já a água de coco é rica em vitamina C, sódio, potássio, magnésio, manganês, cálcio, fósforo e antioxidantes. Esses nutrientes hidratam o organismo e melhoram a disposição.

As oleaginosas também estão no grupo dos alimentos energéticos. As nozes são ricas em ômega 3 e 6, que diminuem a ansiedade. A castanha é fonte de vitamina C e previne contra dor de cabeça, além de melhorar a memória. Já as amêndoas possuem proteínas, fibras, cálcio, magnésio e potássio, responsáveis pela proteção das células do cérebro e pela circulação do sangue. “Nosso estilo de vida influência em todos os aspectos, na saúde física e emocional, no humor, na criatividade e no raciocínio. Por isso, é fundamental uma alimentação equilibrada para o desenvolvimento de todas nossas habilidades cognitivas”, explica Letícia.

         O morango é recomendado para melhorar a concentração. A fruta possui antocianinas e fisetinas que previnem contra a perda de memória, protegem e estimulam o cérebro, além de equilibrar o PH e desintoxicar o organismo. "Essa fruta é rica em nutrientes. Possui antioxidantes que previnem a inflamação e oxidação das células, melhorando a função motora. Consumi-la pela manhã ou no lanche a tarde pelo menos uma vez por dia ajuda a turbinar os estudos", ressalta Letícia.

         A última dica da nutricionista é a hidratação. Beber água melhora o humor, diminui a ansiedade e a fadiga. "A sede atrapalha a produtividade. Quando o nosso corpo necessita de água é comum desviar a atenção, diminuindo a agilidade para concluir as tarefas. Um copo de 300 ml a 500 ml antes de iniciar qualquer atividade é o suficiente para potencializar o cérebro e melhorar a concentração e o ritmo de produção. Claro, uma boa noite de sono também é uma excelente aliada", afirma a nutricionista.

 

 

 
 ?>

 

MB Comunicação