Governo do estado de Santa Catarina suspende aulas a partir de quinta-feira,19.

Secretaria de Educação de Catanduvas considera prudente a decisão


Por Catanduvas Online

16/03/2020 22:06



img


O Governo do Estado de Santa  Catarina acabou  de indicar pela suspensão das aulas no sistema de ensino. A informação foi dada em reunião do governo do Estado, nessa noite de segunda-feira, 16, com a presença do presidente da FECAM, Saulo Spertto, prefeito de Caçador. A FECAM orienta que os municípios considerem a decisão do governo estadual recém-divulgada. Lembrando que a suspensão do Transporte Escolar requer tomada de medidas jurídico-administrativas junto aos prestadores de serviço e de conexão  entre Estado e Municípios. 

 

Secretaria de Educação de Catanduvas

 

A Secretária de Educação de Catanduvas, Elenir Chinato, comunicou nesta noite de segunda-feira, 16, que a ordem será cumprida no município, e a partir desta quinta-feira, 19, as aulas estarão suspensas, bem como escolinhas de futebol e aulas de ginástica, dança e transporte escolar.

A medida é preventiva, para evitar a contaminação do coronavírus e deve ter as atividades retomadas assim que o vírus estiver sob controle  no país.

 

DIVULGAÇÃO DO ESTADO


Após decisão colegiada do Governo do Estado de Santa Catarina, no fim da tarde desta segunda-feira, 16, a Secretaria de Estado da Educação passa a adotar os procedimentos necessários para a suspensão das aulas nas redes públicas e na rede privada em território catarinense, pelo período de 30 dias, a partir de quinta-feira, 19 de março, com possibilidade de prorrogação.

 

A decisão integra o conjunto de ações preventivas para a contenção do Coronavírus em Santa Catarina, considerando o abono de faltas a alunos que possam permanecer em casa desde esta terça-feira, 17. Pais que preferirem e que tiverem condições para que seus filhos fiquem em casa, poderão fazê-lo sem prejuízo em relação aos conteúdos didático-pedagógicos.

 

Os primeiros 15 dias de suspensão de aulas correspondem à antecipação do recesso escolar do mês de julho.

 


 ?>