Lançado o edital de licitação para as obras da Radioterapia em Joaçaba


Por Catanduvas Online

06/11/2019 21:25



img


O Ministério da Saúde lançou o Edital para Licitação para as obras da Radioterapia. Com o edital aberto, o conhecimento das propostas das empresas interessadas em executar a construção ocorrerá no dia 26 de novembro às 10h. Após isso, há um prazo para recursos e tendo a empresa vencedora cumprido todos os requisitos legais, o novo cronograma de execução das obras será divulgado.

 

A notícia, de acordo com o Diretor Geral do Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba (HUST) professor Alciomar Marin, confirma que o serviço será de fato implantado em Joaçaba. Ele explica que no mês de outubro esteve em Brasília em reunião com o coordenador dos projetos da radioterapia e também com o assessor do Ministro da Saúde para cobrar o andamento do cronograma no qual estava previsto o início das obras para o mês de novembro. Na oportunidade foi repassado que o processo ainda estava em fase de conclusão do Edital de licitação, lançado nesta semana.

 

— Agora não tem volta. O Edital é uma realidade e acreditamos ter em breve mais detalhes quanto a execução do projeto.  Imaginamos que o início das obras ocorra nos primeiros meses de 2020, sendo que, conforme específica o Edital, a empresa terá 12 meses após a assinatura do contrato para entregar a obra — afirmou Marin.

 

O HUST foi contemplado, por meio de uma portaria do Ministério da Saúde, que prevê a instalação de 80 aparelhos de radioterapia em diversos municípios do Brasil. A construção do espaço acontecerá em um espaço localizado nas proximidades do campus 1 da Unoesc. O atendimento após a implantação da radioterapia, inicialmente, deve acontecer de segunda a sexta-feira em dois turnos com a previsão de atendimento de em média 32 pacientes por dia. Ao longo do tempo isso poderá ser expandido podendo chegar a quatro turnos e cerca de 80 atendimentos diários.

 

— Em paralelo a construção, teremos o ano de 2020 para finalizar organização e estruturação profissional técnica para que quando as obras estiverem prontas, possamos iniciar os atendimentos — finalizou Marin.

 

 

►Assessoria