Primeira reunião da sala de situação para gerenciamento e controle das ações foi realizada


Por Catanduvas Online

08/10/2019 15:38



img


Ocorreu na noite de quarta-feira (03), a primeira reunião da sala de situação para gerenciamento e controle das ações de intensificação do combate ao mosquito Aedes aegypti no município de Catanduvas.

 

A reunião contou com representantes das entidades convidadas, como Corpo de Bombeiros, Casan, Câmara de Vereadores, Paróquia São Sebastiao, membros da Secretaria de Saúde, Educação e Prefeitura Municipal, além da presença de Carolina Ester Foppa, bióloga da Vigilância Epidemiológica da Gerência de Zoonoses e Entomologia da Regional de Saúde de Joaçaba.

 

A Sala de Situação é um local de referência para os municípios infestados, onde ocorre a troca de informações e o planejamento das informações intersetoriais para a prevenção e controle do mosquito Aedes aegypti. É o ponto central de discussão e acompanhamento das ações, um local de planejamento e gerenciamento intersetorial, base de administração de demandas, central de recebimento e envio de dados e informações para a sala de situação do Estado.

 

Nesta primeira reunião foram repassadas informações sobre a atual situação da dengue e focos do mosquito no município, bem como informações de como o trabalho da Secretaria de Saúde e dos Agentes de Combate a Endemias está sendo realizado.

 

Os vírus que causam a dengue, febre de chikungunya e zika vírus são transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti. As doenças apresentam sinais e sintomas parecidos, mas têm níveis de gravidade diferentes. Não há tratamento específico.

 

Assim, observe o ambiente em que você vive. Eliminar os criadouros do mosquito ainda é a melhor estratégia para evitar essas doenças.

 

Eliminar o mosquito é uma responsabilidade de todos nós.