Lei concede condições de pagamento para mutuários em atraso com créditos habitacionais


Por Catanduvas Online

01/09/2019 18:02



img


Já está em vigor a lei número 2.684/2019, que dispõe sobre o parcelamento de créditos habitacionais e sobre a concessão de descontos progressivos para quitação.

 

O mutuário que está em atraso com seus débitos habitacionais, inscrito ou não em dívida ativa com o município, pode parcelar sua dívida, com descontos de multas e juros em até 24 vezes. O desconto varia conforme o número de parcelas que o mutuário optar.

 

Para pagamento em 12 parcelas mensais, o desconto de multas e juros previstos no contrato é de 80% e de 20% sobre o valor do crédito principal atualizado monetariamente.

 

No pagamento em até 24 parcelas mensais tem direito a um desconto de 60% nos juros e multas previstos no contrato.O mutuário poderá parcelar ainda entre 25 a 60 parcelas. Neste caso, porém, sem direito a desconto ou abatimento.

 

O valor das parcelas não poderá ser inferior a 17 UFRM - Unidade Fiscal de Referência do Município.O Prazo para parcelamento é até 15 de outubro.