Sequestrador é morto, polícia libera reféns e encerra sequestro de ônibus


Por Catanduvas Online

20/08/2019 15:50



img


Foto/Reprodução Internet

 

A Polícia Militar do Rio de Janeiro encerrou o sequestro do ônibus na Ponte Rio-Niterói com a liberação dos 37 reféns, após pouco mais de três horas de duração. O sequestrador identificado como Willian Augusto da Silva, 20, morreu na operação atingido por disparos de um atirador de elite. A informação foi confirmada pela PM e pela secretaria municipal de Saúde.

 

“Paciente chegou em parada cardiorrespiratória e foi constatado o óbito pela equipe médica do hospital”, informou a secretaria municipal de Saúde.

 

O sequestrador chegou ao hospital por volta das 9h30 de hoje. Acompanhado de dois paramédicos, Willian estava numa maca, coberto por uma manta térmica e com um balão de ar. Segundo o sargento M Pontes, o homem chegou vivo ao hospital, mas a secretaria confirmou a morte minutos depois.

 

Porta-voz da PM, o coronel Mauro Fliess disse que a ação foi a única possível para preservar as vidas dos reféns. “A operação foi um sucesso. O objetivo desejado era preservar todas as vidas, mas infelizmente ele não nos deixou outra opção. Foi necessário disparar contra ele para preservar a vida de inocentes”, informou o coronel ao UOL.

 

Em mensagem no Twitter, a Polícia Militar do Rio informou que o “tomador de refém foi neutralizado por um atirador de precisão do Bope e todos os reféns foram libertados ilesos”.