Pai caminha 17 km carregando pesos para pagar promessa por saúde da filha em SC


Por Catanduvas Online

10/08/2019 20:41



img


Há três anos, o microempreendedor Hudson Henrique Baptista, de 29 anos, caminha 17 km para pagar uma promessa feita pela saúde da filha Melissa Kolombesky Baptista, de 2 anos. Ele sai de casa, em Joinville, no Norte do estado, e segue até o Santuário Bom Jesus, em Araquari. Durante o percurso, o pai carrega nas costas uma mochila, com o peso equivalente ao da criança. 



A caminhada ocorre sempre no último dia de celebração da Festa do Bom Jesus de Araquari, padroeiro da cidade. Esse ano as celebrações começaram no dia 28 de julho e encerraram na terça-feira (6), quando o pai carregou 12 kg para pagar a promessa feita para a única filha. "Eu sempre chego na primeira missa do último dia de novena." 


A promessa foi feita quando a mulher dele, Daniele Kolombesky, ainda estava grávida, para que a gestação fosse tranquila.



"Ainda na gravidez realizei a primeira caminhada até Araquari no dia do Bom Jesus, levando a foto do ultrassom, sem peso ainda. Correu tudo bem, mas foi necessário realizar uma cesárea de emergência. Mais uma vez minhas preces foram para o Bom Jesus de Araquari e no final, deu tudo certo. Melissa nasceu saudável e linda." 
Baptista garante que a promessa é permanente, ou seja, será paga todo os anos. 



"Levar o peso dói, mas a quando eu chego lá, sinto gratidão por ela ter um desenvolvimento muito bom, é muito inteligente. Na creche as professoras falam. É muito emocionante. Vou fazer por ela pelo resto da minha vida. O que eu passo por ela e vou passar não tem explicação. É de pai mesmo." 



A relação de afeto entre pai e filha é fortalecida nas oportunidades que Baptista encontra fora do trabalho. 



"Como eu tenho uma empresa tenho que estar sempre na rua vendendo. Então não tenho muito tempo para ela, mas quando estamos juntos é uma coisa fora do comum. Ela é a razão da minha vida. Não estou sempre presente, mas quando posso quero demonstrar meu amor por ela." 



Devoção 



Influenciado pela mãe, Baptista é devoto do Senhor do Bom Jesus desde os sete anos. "É uma relação de muita fé porque tudo até hoje que pedi para ele, deu certo. Se não dá certo, ele me mostra que foi melhor", afirma. 



Ele conta que a mulher não participa da caminhada porque fica cuidando da filha e diz que quando Melissa estiver maior, pretende levá-la. 



"Pretendo passar para ela essa devoção, para que possa passar para os filhos dela e nunca deixe morrer esse laço de fé."

 

Fonte: G1 Santa Catarina