Eclipse parcial da Lua é visto no Brasil e pelo mundo

Melhor visualização do fenômeno aconteceu entre às 17h e às 20h desta terça


Por Catanduvas Online

17/07/2019 01:53



img


Foto/Rafael Kummer

 

Na noite desta terça-feira (16), quando o mundo celebra 50 anos desde que a missão Apollo 11 decolou da Terra rumo à Lua, o Brasil pode ver um eclipse lunar parcial. O fenômeno acontece quando Sol, Terra e Lua se alinham nessa ordem e, assim, o planeta faz uma "sombra" na imagem do satélite natural.

 

O eclipse desta terça-feira foi diferente porque foi o nosso planeta que se posicionou entre o sol e a lua. Na semana passada, a lua encobriu boa parte do sol. Justamente por isso, o fenômeno  pôde ser observado a olho nu, e durou muito mais tempo. Em algumas regiões do Brasil, foi possível observar a fase mais aguda do eclipse até por volta das 8 da noite. Um eclipse como esse é dividido em 3 fases. A penumbra refere-se ao começo do eclipse, quando a sombra da Terra cobre parcialmente a Lua. O ápice, quando a sombra cobre a Lua quase totalmente, é chamado de umbra. A fase final, quando a sombra do planeta começa a abandonar a lua, é conhecida como antumbra. Esses nomes, aliás, não se referem especificamente a um eclipse, mas foram adotados para descrever as diferentes fases do fenômeno.

 

Catanduvas-Por Rafael Kummer