Veja a lista de azeites de oliva que tiveram a venda proibida pelo Ministério da Agricultura

Fiscalização encontrou seis marcas com produtos fraudados e impróprios para o consumo


Por Catanduvas Online

08/07/2019 15:28



img


Ministério alerta para que consumidor desconfie de azeites de oliva com preços muito baixos/Ricardo Wolffenbüttel / Agencia RBS

 

Seis marcas de azeite de oliva tiveram a venda proibida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento após a fiscalização ter encontrado produtos fraudados e impróprios ao consumo. Itens com os rótulos de Oliveiras do Conde, Quinta Lusitana, Quinta D’Oro, Évora, Costanera e Olivais do Porto devem ser recolhidos das prateleiras de estabelecimentos comerciais de todo o país até esta segunda-feira (8). 

 

Os azeites foram encontrados em varejos, atacarejos e pequenos mercados do Distrito Federal e de mais sete Estados (Alagoas, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo). As redes devem, por determinação da pasta, informar os estoques existentes dos produtos, sob pena de autuação em caso de omissão de informações. Os responsáveis pelas marcas, de acordo com informações divulgadas pelo ministério, são Rhaiza do Brasil Ltda., Mundial Distribuidora e Comercial Quinta da Serra Ltda.

 

Conforme a administração federal, os comerciantes que forem flagrados vendendo os produtos, após as advertências, serão denunciados à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, encaminhados à Polícia Judiciária para eventual responsabilização criminal e multados em R$ 5 mil por ocorrência, com acréscimo de 400% sobre o valor comercial dos azeites.

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento alerta que o consumidor deve desconfiar de azeites de oliva muito baratos — o baixo preço, na faixa de R$ 7 a R$ 10, seria um dos principais indicadores de fraude. O azeite de oliva verdadeiro custa a partir de R$ 17.

 

As marcas de azeite de oliva impróprias para consumo:

  • Oliveiras do Conde
  • Quinta Lusitana
  • Quinta D’Oro
  • Évora
  • Costanera
  • Olivais do Porto

 

 

Fonte/Gauchazh