Deputado de Santa Catarina diz que mulher de saia e decote provoca estupradores


Por Catanduvas Online

08/05/2019 23:51



img


Deputado estadual Jessé Lopes (PSL) -NSC

 

A discussão sobre um projeto de lei de combate ao assédio sexual e à cultura do estupro em Santa Catarina na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (07), levou o deputado estadual Jessé Lopes (PSL) a afirmar, em plenário, que mulheres deveriam prestar atenção às roupas que usam para não chamarem atenção de estupradores.

 

“Se quer andar na rua com sua sainha, com seu shortinho, com seu decote, ótimo. Se você quer chamar atenção de estupradores, sabe os riscos que está correndo”.

 

 

À coluna, nesta quarta-feira, o deputado disse que fez as afirmações porque não concorda com a fixação de cartazes como medida preventiva, conforme prevê o projeto de lei que estava em votação, e porque não acredita na cultura do estupro (leia entrevista abaixo).

 

O termo é usado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para designar as situações em que a sociedade culpa as vítimas de assédio sexual e normaliza o comportamento sexual violento dos homens. Um dos exemplos citados pela ONU é usar a roupa para justificar a agressão ou o assédio.

 

NSC-TOTAL