Justiça manda soltar mãe presa após morte de filha de 4 anos em Guatambu

Poder Judiciário aguardam laudo pericial oficial


Por Catanduvas Online

23/01/2019 15:59



img


A Justiça concedeu liberdade provisória nesta terça-feira (22) à mãe presa após a morte da própria filha de 4 anos no Oeste catarinense. A decisão do juiz substituto Guilherme Pereima levou em consideração exames preliminares que não confirmaram relação entre as lesões observadas no corpo da menina e a morte dela.



A mãe foi presa em flagrante na segunda-feira (21) pela morte da filha em Guatambu, no Oeste. De acordo com o delegado Tiago Gonçalves Escudero, a mulher confessou durante interrogatório ter agredido a menina após se exaltar.



Agora, tanto a polícia quanto o Poder Judiciário aguardam laudo pericial oficial da morte da criança.

Morte

Ainda de acordo com Escudero, a suspeita é que a menina tenha morrido em casa, em Guatambu. Entretanto, o horário da morte ainda será confirmado no laudo cadavérico.



A criança foi levada para atendimento no hospital de Caxambu do Sul, pela mãe e a cunhada dela. A investigação começou depois que a Polícia Militar foi acionada pela unidade hospitalar, por volta da meia-noite de domingo (20).



No hospital, foi constatada a parada cardíaca da criança, mas o corpo tinha hematomas. "Ela disse que a agrediu por algum motivo que não sabe dizer, que perdeu a cabeça", falou o delegado. À Polícia Civil, a mãe afirmou que após as agressões a criança caiu de uma escada.



Fonte: G1/SC
Foto: Willian Ricardo / Click RDC