Temporal alaga ruas e causa deslizamentos em Balneário Camboriú


Por Catanduvas Online

14/01/2019 10:19



img


(Foto: Mauro Sérgio / Arquivo Pessoal)

 

Cerca de uma hora e meia de chuva torrencial na noite deste domingo foi o suficiente para alagar diversas ruas de Balneário Camboriú. A Defesa Civil do município registrou 45 ocorrências por toda a cidade, a maioria de ruas alagadas. Até a manhã desta segunda-feira foram contabilizadas duas interdições, cinco deslizamentos e seis pessoas desalojadas. Até às 23h de domingo, choveu cerca de 65 milímetros na cidade. Durante todo o mês de dezembro choveu 110 milímetros.

 

Segundo o diretor da Defesa Civil, Fabricio Melo, os casos que exigiram maior atenção foram os que envolveram deslizamento de terra. No Bairro Nova Esperança, na Pedra Branca, um veículo que estava em uma residência foi atingido por um desmoronamento de terra e a família foi orientada a deixar o imóvel temporariamente. A Defesa Civil também foi acionada para deslizamento de terra na Rua Noruega e também da queda da parte de um muro da prefeitura. Não houve feridos nestas ocorrências.

 

Na esquina da Rua São Paulo com Avenida dos Estados, um veículo ficou ilhado e as pessoas tiveram que abandonar o carro que estava tomado pela água. O mesmo ocorreu em um veículo na Rua Islândia. Na Avenida Atlântica, uma das principais vias do município, o telhado de uma casa de entretenimento desmoronou, mas ninguém ficou ferido. Um trecho da pavimentação da Rua Venezuela cedeu, e o local foi interditado.

 

O trânsito ficou lento em várias ruas centrais da cidade. O bairro dos Estados foi um dos mais afetados, principalmente em frente à Rodoviária, onde a água chegou quase no teto de um veículo. Na Avenida Marginal com a Rua Campoerê, um carro caiu em uma vala, mas ninguém ficou ferido. Algumas casas ficaram alagadas. O Corpo de Bombeiros recebeu 109 chamadas desde o início do temporal.

 

O Grupo de Respostas a Ações Coordenadas (Grac), que integra várias secretarias municipais e serviços de segurança está de plantão desde a noite deste domingo. Nenhuma família precisou ser alojada em abrigos. Se necessário, o ginásio da Barra estará disponível. Vários pontos da cidade ficaram sem luz, entre eles, o Parque Bandeirantes, Iate Clube, Barra, Vila Real, Taquaras e Barra Sul.

 

Dia seguinte

A Secretaria de Obras já iniciou os trabalhos de limpeza e manutenção. A equipe do Programa Praia Limpa da Secretaria do Meio Ambiente vai fazer um trabalho de orientação com os banhistas para evitar entrar no hoje devido as chuvas. Há muita sujeira e detritos na praia e no mar, interferindo na balneabilidade, além da possibilidade de causar acidentes.

 

A Unidade Básica de Saúde está sem atendimento em virtude de falta de energia elétrica. A UBS Estados também ficou com o atendimento comprometido. Na UBS Nova Esperança o atendimento acontece com lentidão, pois alguns computadores da unidade queimaram.

Ruas alagadas em Balneário Camboriú

(Foto: Divulgação / Internet)

 

Prefeitura de Balneário Camboriú alerta que não se deve entrar no mar nesta segunda