Assassino da estudante capinzalense Carolina de Mattos foi morto a tiros no Paraná


Por Catanduvas Online

13/12/2018 17:25



img


Mais de dois anos depois de ter assassinado a estudante Carolina de Matos, de 18 anos, no interior de Capinzal, o autor confesso do crime, João Lucas Gloss, de 20 anos, à época menor de idade, foi morto a tiros na terça-feira (11) na cidade de Medianeira (PR).



Conforme o portal Guia Medianeira, a Polícia Militar foi acionada por volta das 21h para atender a ocorrência, onde um homem teria sido alvejado por disparos de arma de fogo e estaria caído no chão.



Gloss foi responsável por causar uma grande comoção popular no mês de junho de 2016 ao assassinar a estudante Carolina de Mattos. O corpo dela foi encontrado em um matagal na comunidade de Vidal Ramos.



Conforme divulgado na época, a jovem que era estudante de fisioterapia foi vista pela última vez com vida quando saiu de casa para pegar o ônibus que levaria a faculdade em Joaçaba. No ponto de ônibus ela foi abordada pelo autor que com uma faca de cozinha lhe ameaçou, levando-a até o meio da mata onde cometeu o crime. A alça da bolsa da estudante foi utilizada pelo criminoso para sufoca-la.



Pelo fato de ser menor de idade na época, Gloss respondeu por ato infracional, tendo sido internado no CASEP (Centro de Atendimento Socioeducativo). Após o encerramento do prazo foi colocado em liberdade e, pouco mais de dois anos e meio depois do homicídio teve o mesmo fim que a estudante capinzalense na cidade de origem.



Fonte: Rádio Capinzal