EEB Irmã Wienfrida e CMDCA realizam primeira Ação Social em Catanduvas


Por Catanduvas Online

03/10/2018 22:41



img


Promotor de Justiça- Flávio Hoff- Comarca de Catanduvas

 

Aconteceu na última quarta-feira, dia 26 de setembro de 2018, na EEB Irmã Wienfrida a Primeira Ação Social que teve como tema: “Desenvolvendo competências para a vida”. A Ação foi promovida em parceria com o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Administração Municipal, ADC Futsal Catanduvas, Ministério Público de Santa Catarina, Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Aurora Alimentos – Unidade de Joaçaba, Fundação Aury Luiz Bodanese, Gráfica Blumen, Hemosc - Joaçaba, Luiz Dorini Excelence, SEST/SENAT, Voyage Hotel.

 

Um dos propósitos da Ação Social da EEB Irmã Wienfrida foi conscientizar crianças e adolescentes a se tornarem protagonistas de suas histórias; a serem cidadãos que reconhecem seus direitos e tem consciência dos seus deveres; a acreditarem em seus sonhos, entenderem o momento de realizá-los e a aproveitarem as oportunidades que a educação lhes proporciona.

 

Os projetos de Ação Social, sejam os curriculares, sejam os complementares, são oportunidades para resgatar valores, repensar atitudes e desenvolver ações para tornar o mundo mais humano, justo e solidário.

 

Na Primeira Ação Social, os alunos do Ensino Fundamental e Médio da EEB Irmã Wienfrida, tiveram a oportunidade de participar de palestras com os seguintes assuntos:

 

  • Direitos e Deveres;
  • Adolescer – mudanças físicas e psicológicas, crescimento e desenvolvimento, ficar ou namorar;
  • Gravidez precoce – consequências, métodos contraceptivos, DST’s;
  • Relacionamento interpessoal – convivência, respeito, gerenciamento de conflitos, diálogo;
  • Promoção de saúde e vulnerabilidade – drogas lícitas e ilícitas, uso excessivo de medicamentos, consequências;
  • Saúde bucal;
  • Alimentação saudável;
  • Doação de sangue;
  • Postura corporal correta;
  • Vivendo Saúde;
  • Ansiedade;
  • Bolsas de estudos;
  • Projeto de Vida.
  •  

Além das palestras aconteceram também três oficinas:

 

  • Dança;
  • Futsal:
  • Ecocoperação.

 

Nesse dia, os alunos puderam também visitar a Feira de Livros, tirar fotografias e divertir-se ao som do Fuzuê.

 

Já no dia 27 de setembro de 2018, aconteceu a XI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, na EMEB Augustinho Marcon, com a participação de alunos da EEB Irmã Wienfrida, indicados por colegas de turma e professores. Na Conferência, os alunos participaram de debates sobre: Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; Prevenção e Enfrentamento da Violência contra Crianças e Adolescentes; Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes.

 

O CMDCA e a EEB Irmã Wienfrida acreditam que a educação é instrumento de transformação social e, por isso, desejam que a Ação Social e a XI Conferência Municipal tenham sido instrumentos propulsores para o desenvolvimento de novos projetos e garantia de participação ativa de crianças e adolescentes na criação, discussão e desenvolvimento de Políticas Públicas que atendam os anseios desse público. Ao mesmo tempo, agradecem a participação especial de todos os alunos, palestrantes e colaboradores.

 

Depoimento de alguns alunos do que foi o dia de Ação Social para eles:

 

“Aprendemos que não pode falar de direito sem falar de deveres também, porque o dever é o complemento do direito.”

 

“O Dr. José Adilson, juiz do Fórum falou sobre nossos direitos, deveres e educação, eu gostei muito de sua apresentação, pois realmente faz a gente pensar nos nossos atos.”

 

“A dança foi bem engraçada, muitos professores dançaram com alunos, eu não dancei por vergonha, mas foi divertido e interativo.”

 “O Fuzuê foi mais para nós nos divertir, pois dançamos e brincamos, foi mais pra nós acabar o dia bem!”

 

“As vezes a gente quer que o mundo mude, mas não é o mundo que muda, somos nós que mudamos o mundo. Vamos ajudar um ao outro, vamos ser melhor com as pessoas, vale a pena tentar.”

 

“Aos palestrantes: Obrigado pelo tempo que tiveram  conosco, obrigado pelas palestras, pelo carinho, pela preocupação com nós alunos.”

 

“Trate as pessoas com respeito, reconhecendo os sentimentos delas e agindo com educação, seja qual for o problema.”

 

“Valeu a pena esse dia.”