Condenada quadrilha que desviou 300 toneladas de cargas no Oeste


Por Catanduvas Online

18/06/2018 15:50



img


A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, em apelação sob relatoria da desembargadora Salete Sommariva, manteve em linhas gerais condenação de uma organização criminosa, baseada no oeste catarinense, que atuou entre 2011 e 2017 no desvio de cargas ao simular roubos de caminhões em trânsito pelos três estados do sul do país.

 

Neste período, com a participação de um policial civil para registrar falsos boletins de ocorrência de roubo e recuperação de caminhões, o grupo foi responsável por mais de uma dezena de crimes, com o desvio de pelo menos 313 toneladas de cargas de soja, açúcar e feijão. A quadrilha era composta por donos de transportadoras e de caminhões, motoristas, e o comissário de polícia. Em julgamento na comarca de São Miguel do Oeste, sete dos 10 réus denunciados pelo Ministério Públicos foram condenados a penas que, somadas, alcançaram 168 anos.

 

Na apelação, por decisão unânime, a câmara confirmou a condenação para boa parte da quadrilha. Concedeu, contudo, parcial procedência ao reclamo de dois deles para absolvição de delito específico e readequação de penas. O policial civil, condenado a 87 anos de prisão, e o proprietário de um caminhão, apenado em 11 anos, tiveram suas reprimendas reduzidas parcialmente.

 

Fonte.TJSC