MP de Concórdia pede condenação de três pessoas na Operação Transformers


Por Catanduvas Online

05/04/2018 16:57



img


O Ministério Público da Comarca de Concórdia pediu nesta semana a condenação de três pessoas prática de crimes de associação criminosa, receptação qualificada e adulteração de sinal de veículo automotor, decorrentes da Operação Transformers. O trabalho foi da Divisão de investigações Criminais (DIC). São diversas ações penais ingressadas pelo MP, por meio da 1ª Promotoria de Justiça.

 

Em uma delas, três dos investigados foram processados em dezembro de 2017 pela prática de crimes de associação criminosa (conhecido como “formação de quadrilha”), receptação qualificada (em razão da aquisição e desmanche de veículos furtados ou roubados) e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

 

Após a tramitação do processo, a 1ª Promotoria de Justiça entendeu que as provas confirmaram os indícios iniciais, demonstrando que os acusados realizaram a receptação de veículos objetos de crimes no Estado do Rio Grande do Sul (furtos, roubos e estelionatos), os quais eram destinados a desmanche em estabelecimento comercial de Concórdia, para posterior venda das peças.

 

Agora, o processo será encaminhado à defesa dos três acusados para que apresentem as suas alegações finais e, por fim, irá para a Juíza da Vara Criminal, que proferirá a sentença. Dois dos três acusados neste processo encontram-se recolhidos no Presídio Regional de Concórdia, em razão dos crimes apurados na operação.

 

Atual FM