Secretária de Saúde em Parceria com SEST SENAT promove ação para prevenção das ISTs

A ação faz parte da programação da equipe multiprofissional da Secretaria da Saúde, facilitando o acesso da comunidade á informação.


Por Catanduvas Online

15/02/2018 20:04



img


              Colaboradores do Sest/Senat e equipe multiprofissional da Secretaria da Saúde

 

Fevereiro, época de Carnaval, momento para ressaltar a importância da Prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis.

 

Pensando nisso, a Secretária de Saúde do Município de Catanduvas firmou uma parceria com o SEST SENAT e promoveu, na última quinta feira dia 08, uma ação de conscientização e distribuição de preservativos e material informativo. A panfletagem aconteceu durante o dia todo, e atingiu um público de mais de cem pessoas.

 

 

A ação faz parte da programação da equipe multiprofissional da Secretaria da Saúde, que dá inicio ao calendário anual de atividades, facilitando o acesso da comunidade á informação.  

 

Em nosso Município, nas três unidades de saúde, são ofertados os testes rápidos, “Os testes rápidos são realizados geralmente por uma enfermeira e são testes que diagnosticam várias doenças como, sífilis, hepatite tanto B quanto C e HIV. Geralmente esses testes levam uma média de 20 a 30 minutos para obter o resultado, caso o resultado seja alterado, ou seja, que de positivo, o médico dará seguimento no tratamento. Por ser doenças que nem sempre  possuem sintomas, os profissionais da Saúde estão sendo orientados a chamar a população para fazer os testes, informando da importância da saúde sexual.   Lembrando que, quanto antes for diagnosticado, mais fácil de tratar, pois, algumas dessas doenças, não são crônicas.  Para um melhor atendimento, é indicado que o paciente possa estar comparecendo ao ESF para agendar o teste rápido”, afirmou Dr. Nilton Perlin, Médico no Município de Catanduvas.

 

 

Hérica Bressan, Enfermeira no ESF Central, também destacou sobre a janela imunológica “Caso a pessoa tenha feito o teste hoje, mas teve a exposição a menos de 30 dias que ela repita o teste em 60 dias, pois o organismo pode estar na janela imunológica, caso o resultado tenha dado negativo, a gente refaz para ter certeza.”

 

Dr. Niton também destacou sobre a HPV, que não é prevenida através do uso do preservativo “O HPV é prevenido através de vacinação, também pode ser informado nas Unidades de Saúde, nas salas de vacinação.”  

 

Advertindo ainda, que nas três unidades de saúde existem caixinhas que possuem tanto preservativos femininos como masculinos gratuitamente, e que a prevenção pode evitar todas essas doenças.

 

Os Postos de Saúde funcionam de segunda a sexta feira, das 07h30min às 11h30min e das 13 às 17 horas.

 

Assessoria