Corpo de Bombeiros alerta sobre cuidados com “Taturana”

Lagarta foi encontrada na praça Brasil 500 Anos no município


Por Catanduvas Online

24/01/2018 00:03



img


            A Prefeitura Municipal de Catanduvas juntamente com o Corpo de Bombeiros Militar, informa a população acerca dos cuidados com a popular taturana.

 

A lagarta venenosa foi encontrada nas proximidades da Praça Brasil 500 Anos, ao lado do Clube Sharuk em Catanduvas. É interessante salientar que nessa época do ano as borboletas estão em reprodução, e a lagarta é uma das etapas.

 

            Por ser um local frequentado por crianças, é necessário que a população esteja ciente das precauções. Dessa forma, o Soldado Picolli faz algumas recomendações e explica os perigos do inseto.

 

“Ela tem por sua defesa cerdas que são capazes de vincular certas substâncias irritantes, então é necessário tomar cuidado ao se aproximar desse tipo de inseto, principalmente porque ele apresenta cores chamativas, instigando as crianças”, ele continua “O contato com esse inseto pode causar irritação na pele, ardência, dor local e em alguns casos, quando a pessoa é menos tolerante a essa toxina, pode causar edema, conhecido como inchaço, e também pode evoluir para um caso mais grave, como o choque anafilático, que é um processo alérgico agudo, podendo causar parada respiratória e até a morte”, explica Piccoli.

 

             Conforme o soldado existe uma espécie específica que é mais agressiva, porém, não é o caso das encontradas no município, mas há essa possibilidade.

 

“É importante alertar que em caso de acidentes com esses animais podem ser utilizadas compressas geladas para aliviar a dor e a ardência no local, se evoluir para algum sintoma mais grave como, por exemplo, o inchaço, que é um indicativo de alergia mais severa, deve-se proceder retirando as roupas e qualquer acessório no corpo. Caso continue piorando, é necessário contato com o Corpo de Bombeiros ou com os Postos de Saúde, para um atendimento de emergência. Existe um antídoto que é feito com o próprio veneno da lagarta, que se aplicado pode controlar esse quadro”, concluiu o soldado Piccoli.

 

Ressaltamos e informamos que em caso de emergência o telefone do Corpo de Bombeiros é (49) 3527-9738, Posto de Saúde Central (49) 3525 - 1065/0335.