ENEM 2017: Professores elegem as questões mais difíceis do 2º dia

Maior desafio do exame de física não envolveu cálculos, mas exigiu raciocínio e domínio teórico


Por Catanduvas Online

13/11/2017 15:55



img


Aplicado em dois dias, com questões de exatas e humanas agrupadas, o Enem 2017 representou uma “subida de régua” em relação às edições anteriores, na avaliação dos professores do Anglo Vestibulares. A prova deste ano teve mais questões médias e difíceis do que nos anos anteriores, além de cobrar mais conteúdo e conhecimento teórico dos alunos.

 

“A prova foi pensada como um todo, sem grandes rupturas. Isso beneficia o bom aluno”, avalia Paulo Moraes, diretor de ensino do Anglo. Colega de Moraes, o professor de matemática Robby Cardoso concorda: “Cobrou-se os mesmos conteúdos de uma maneira mais refinada.”

 

A pedido de VEJA, os professores selecionaram as questões mais difíceis de cada uma das disciplinas da prova de matemática e ciências da natureza, aplicada neste domingo (12).

 

 

FÍSICA 

(Enem/Reprodução)

RESPOSTA: Alternativa A 

 

“A questão aborda um conteúdo difícil, com o qual nem todo aluno está familiarizado, que é a indução eletromagnética. Além disso, para resolver a questão, o aluno precisa lembrar uma equação característica do assunto e ir um passo além. Nessa equação, entram alguns elementos que ele deve alterar – elementos esses que são as alternativas de resposta. Pra saber qual elemento deve ser alterado na equação, ele deve ainda levar em conta que a corrente precisa ser mantida constante. Apesar de não ter nenhum cálculo, é uma questão difícil por ser meramente teórica e envolver muito raciocínio.” – Ronaldo Carrilho, supervisor de física do Anglo 

 

MATEMÁTICA 

(Enem/Reprodução)

RESPOSTA 1: Alternativa A 

RESPOSTA 2: Alternativa D 

 

“Ambas as questões podem ser vistas como ‘as mais difíceis’ pelos conceitos inseridos nelas. A 140, sobre matemática financeira, pergunta como funciona o financiamento e como trazer para o valor presente. E a 141 é de logaritimo, que pede propriedade e definição, que por si só são coisas muito difíceis.” – Robby Cardoso, supervisor de matemática do Anglo

 

VEJA