Homem acusado de matar bebê em Treze Tílias é indicado por homicídio duplamente qualificado


Por Catanduvas Online

10/05/2022 16:44



img


 O delegado Marcelo Marins, responsável pelo inquérito envolvendo o assassinato de uma criança de apenas dois anos em Treze Tílias, fez nessa semana novos encaminhamentos ao Judiciário de Joaçaba, após o Ministério Público pedir algumas diligências complementares no caso.

 

O autor do crime continua recolhido no Presídio Regional em Joaçaba aguardando os desdobramentos do processo.

 

A Polícia Civil, encaminhou inquérito, indiciando o autor do crime bárbaro por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima de apenas dois anos de idade. O crime ocorreu no final do mês passado quando o corpo da menina foi encontrado pela mãe no apartamento onde ela morava.

 

No dia seguindo ao crime o autor ligou para a Polícia Militar e com medo de ser linchado acabou se entregando. Na Delegacia de Polícia, ele teria confessado o crime. Disse que cometeu o homicídio por vingança e não concordar com o fim do relacionamento com a mãe da menina.

 

Nas últimas horas, policiais civis de Joaçaba realizaram novas diligências para subsidiar a denúncia que dever ser feita pelo Ministério Público de Joaçaba. A denúncia deverá ser protocolada nos próximos dias, provavelmente, tendo como base todo o trabalho de levantamentos realizado pela Polícia Civil e também com laudos do Instituto Geral de Perícias.

 

A menina foi assassinada depois de ser golpeada com possivelmente uma faca no pescoço. A mãe ao chegar em casa precisou arrombar a porta para ter acesso. Quando entrou no imóvel, encontrou o corpo da menina. Ela chegou a ser levado ao Hospital em Joaçaba, mas não apresentava mais os sinais vitais.

 


 ?>

 

Atual FM