Planejamento Hídrico prevê investimento de mais de R$ 600 milhões no Oeste


Por Catanduvas Online

21/02/2022 16:22



img


Com ações emergenciais de combate à seca em plena execução no Oeste, Governo do Estado e Casan prosseguem também os investimentos previstos no Planejamento Hídrico, que está viabilizando obras estruturais para a região. Do total de R$ 1,7 bilhão garantidos para infraestrutura de saneamento, R$ 630 milhões estão sendo direcionados a ampliar a captação, tratamento, distribuição e reserva de água para essa que é a região mais castigada falta de chuvas em Santa Catarina. Mais de R$ 37 milhões já foram executados.

 

Um dos projetos mais importantes e que avança a cada semana é o Chapecozinho, com mais de 12 quilômetros de macroadutora já instalados. A rede de 57 quilômetros levará mais água para Cordilheira Alta, Chapecó, Xaxim, Xanxerê.

 

Avança também a instalação de reservatórios desse Sistema Integrado de Abastecimento. O Reservatório Xanxerê, que terá capacidade de armazenar 6 milhões de litros de água, está com sua base concretada.

 

Outro tanque que terá capacidade de guardar 4 milhões de litros recebe as formas metálicas que serão usadas para levantar as paredes. Ao lado desse reservatório, ficará a Estação de Tratamento do Sistema Chapecozinho, com capacidade de produzir até 1,2 mil litros de água por segundo.

 

As cidades de Anchieta, Concórdia (que atualmente também busca água no Rio Uruguai para atender a população), Jaborá, Maravilha, Pinhalzinho, Piratuba, São Miguel do Oeste, Seara, Xanxerê e Xaxim, entre outras, também receberão recursos previstos no Planejamento Hídrico.

 

Operação Emergencial

 

Com cidades como Iporã do Oeste, Maravilha, São Miguel do Oeste e Seara saindo do sistema de revezamento de água por conta de ações colocadas em prática nas últimas semanas, a Casan também concentra esforços na recuperação do Sistema de Abastecimento de Chapecó.

 

Estão em andamento todas as ações definidas em Termo de Compromisso assinado entre a Companhia e o poder público municipal. Esta semana, profissionais da Gerência de Licitações e setores administrativos da Companhia estarão em Chapecó, dando ainda mais celeridade à contratação dos serviços acordados no Termo de Compromisso com a Prefeitura.

 

Desde sexta-feira passada, 1,8 milhão de litros de água bruta já foram trazidos por 20 caminhões-pipa do Rio Uruguai até o Lajeado São José, no bairro Engenho Braun.

 

Um reservatório artificial foi providenciado para receber essa água, que é encaminhada à Estação de Tratamento para depois ser distribuída na cidade. Caminhões-pipa de água já tratada também atuam para atender regiões mais prejudicadas, enchendo diretamente caixas d´água nas residências.

 

Retroescavadeiras e caminhões-caçamba também trabalham desde a semana passada na remoção de lodo da barragem do Lajeado São José, praticamente seco devido à estiagem. Com a dispensa de licitação, novos equipamentos estão em contratação e entrarão nas frentes de trabalho ao longo dessa semana.

 

Nas proximidades de manancial cedido pela família da primeira dama, estão em execução serviços de topografia e sondagem do terreno para instalação de uma Estação de Tratamento de Água Compacta. A base começa a ser construída nos próximos dias, permitindo a montagem da ETA que é pré-fabricada e pode ter sua instalação realizada em algumas semanas.

 

Outro reforço virá de uma captação que será instalada diretamente no Rio Uruguai. A Companhia já possuía levantamentos preliminares e agora em ação prioritária detalha o projeto para que possa ser colocado em prática.

 

A perfuração de novos poços profundos é outra ação que inicia nos próximos dias para reforçar a entrada de água no sistema de abastecimento da maior cidade do Oeste.

 

 


MEPITA ?>

 

Secom