Esgoto a céu aberto motiva pedido de vereadores por fossa comunitária para a Chácara Fritz


Por Catanduvas Online

16/06/2020 19:07



img


Foto/Arquivo Vereadores 

 

Os vereadores Ademir Spassini, André Atz (Deco), Ivacir Cardoso Moreira e Odair Gabrielli (Shazan) pediram com urgência para que a Administração Municipal faça uma fossa comunitária com rede de esgoto em benefício de todos os moradores da Chácara Fritz. Os vereadores entendem que a obra é de fundamental importância para o bom funcionamento das redes de esgoto e de drenagem pluvial, pois na Chácara Fritz há mais de cem famílias que residem no local e que enfrentam problemas de esgoto a céu aberto. Os vereadores ainda salientaram que quando chove, os dejetos juntamente com a água das chuvas acabam escorrendo embaixo das casas, o que pode ocasionar inúmeras doenças, como por exemplo, a Leptospirose.

 

“Um tempo atrás fiz um pedido para tomarem providências com relação ao esgoto da Chácara Fritz. Isso foi no período da seca. Agora, com as chuvas, o esgoto se mistura e acaba gerando diversas doenças. Além disso, a água ainda vai descer até o rio Jacutinga. Estou pedindo mais uma vez para que o Poder Executivo tome providências para que seja resolvida essa situação” explicou o vereador Shazan.

 

“Esse final de semana a chuva foi atípica, mas a questão é que já tem um tempo que cobramos por melhorias na Chácara Fritz, principalmente sobre o esgoto sanitário e a drenagem pluvial. No final de 2019 fiz um pedido justamente para isso, para que fosse feita uma rede pluvial adequada naquele bairro. Existem vários pedidos anteriores, mas infelizmente a Administração não tem executado uma obra, que eu diria ser simples”, afirmou o vereador Deco contando da trajetória da cobrança.

 


MEPITA ?>

 

Além desse pedido, Ademir, André, Ivacir e Odair também pediram que a Administração analise o Projeto da Praça que está sendo feito na Avenida Coronel Rupp, em frente à Loja Secco Materiais de Construção, para que o estacionamento da praça seja feito em frente à loja, pois percebe-se que que não vai haver estacionamento no local e sim do lado oposto. Os vereadores acreditam que o estacionamento da maneira que estão pedidno irá beneficiar as pessoas que precisam ir até a loja, bem como as que vão no parque.

 

Assessoria